Entrega de documentos

Na manhã de ontem (20/06) a Prefeita em exercício e secretaria geral de governo Mari Machado fez a entrega de documentos para o presidente e conselheiro do sindicato dos transportes rodoviários Angelo Mello, referente ao desmembramento de uma área de terra  adquirida pelo Sest / Senat onde será construída sua sede.Também estavam presentes no encontro, a secretária adjunta do planejamento Sandra de Abreu, e o secretário de desenvolvimento Calico Grisolia.

FOTOS MARCIO SANTOS/ASCOM

Detalhes sobre a o Investimento do SEST-SENAT

Em primeira mão alguns detalhes do grande investimento a ser realizado pelo SEST-SENAT, na ordem de 14 milhões, em Santana do Livramento, área destinada deverá ser próxima ao Porto Seco. Este é o primeiro passo de uma luta do Sinditransportes de 4 anos, finalmente vai ser contemplada com este belíssimo projeto.

Agradecemos a todos os envolvidos e ao Presidente do SEST-SENAT Paulo Caleffi pelo empenho nesta caminhada que pavimentou a estrada pra que este investimento chegasse a nossa cidade.

Estaremos entregando o Pedido no salão nobre da Prefeitura Municipal as 8:00hs do dia 20/01/17, nesta sexta feira. Estaremos com uma comitiva para realizar a entrega deste pedido e, conjuntamente a isso melhorias em nosso entorno do porto seco, além disso, uma área para o próprio sindicato.
Detalhamento sobre a o Investimento do SEST-SENAT:
“Cada Unidade tipologia DN contará com um Quadro de Pessoal de até 25 colaboradores, afinal, teremos consultórios para todas as especialidades de saúde – nutrição, fisioterapia e psicologia, além de consultório odontológico com 4 (quatro) cadeiras. Na área de aprendizagem, cada Unidade contará com 4 (quatro) salas de aulas interativas, além de um laboratório de informática para os nossos cursos em EAD e, obviamente, a nossa mais avançada tecnologia: os Simuladores de Direção. Também teremos um Centro de Multifunções, com cadeiras removíveis, para que possa ser utilizado de diferentes formas. Serão Unidades instaladas em terrenos de até 6.000 m² e os Presidentes dos Conselhos Regionais já estão em busca dos novos terrenos para doação”.